Está no ar: "Música Raiz", a minha coluna do canal PWB.News

Atualizado: 2 de mai. de 2021


Oi!!


Sou Carluz, chamado pelos amigos de Carlinhos. 


Hoje, vou contar a história de um menino que tinha o sonho de ser músico e foi estimulado desde cedo a cantar e tocar violão. 


Seu sonho a partir da adolescência?


Ser cantor e músico profissional.


Com a música, fez amigos, chamou atenção, fez fãs e abriu caminho pra muitas possibilidades.


Seu único plano naquele momento era o de ser um cantor e músico reconhecido. Passou a juventude investindo, idealizando, estudando e seguindo esse caminho.


Mas como nem tudo são flores!! Quando pensou em aprofundar os estudos na universidade, foi orientado por seus pais a seguir algo mais seguro e que tivesse garantia de futuro.


Assim o fez, e investiu na universidade para cursar Ciências Contábeis. 


Pensam que ele desistiu da música??? 


Que nada!!!!


Durante todo o curso superior em paralelo exerceu a música, sua grande paixão: cantando em shows, eventos, projetos, festivais, etc. 


Assim, não procurou um estágio profissional na área do curso contábil, o que seria importante, porque o sonho estava acontecendo.


Focado conseguiu ganhar muitos festivais cantando ou acompanhando outros artistas expoentes no estado. 


Foi cantando que conheceu muitos lugares, pessoas importantes, como os presidentes à época Fernando Henrique Cardoso, do Brasil, e Carlos Menen, da Argentina, durante almoço no dia da inauguração da Ponte Internacional da Integração entre São Borja e Santo Tomé, em 9 de dezembro de 1997.


Trabalhava com diversos estilos de músicas, sem preconceito a fim de ter mais possibilidades de shows.


Estava feliz nos palcos da vida vivendo seu sonho.


E o curso contábil???


Trouxe conhecimento e a música abraçou como profissão.


Diria que a música remunera tão bem quanto qualquer outro trabalho ou melhor.... 


Pelo fato de estar fazendo com paixão esse ofício já ouvi alguns artistas dizendo, realizados:  


- Canto, toco e ainda recebo por isso!!!! 


Como em qualquer outra área devemos: estudar muito, conhecer o que se está fazendo, ser organizado, empreendedor, ter disciplina, talento, bom gosto, desinibição, ser comunicativo, dentre outras características.


Nas artes, existem várias nuances e com a música não é diferente.


Além de lidar com gostos e interpretações, a sensibilidade é um quesito importante nos shows e se desenvolve ao longo do tempo com as diversas experiências vividas.


O ditado que diz, que devemos estar no lugar certo, na hora certa é verídico, mas saber aproveitar todos momentos da melhor forma de encantamento possível, também faz parte do jogo e aumenta a possibilidade de sucesso.


Dai a pergunta que não quer calar:


- Como viver de música?


Creio que com paixão, uma pitada de dom, talento e conhecimento, mas contarei mais sobre esse tema na próxima história aqui no blog.


Abraço!!! E fica ligado!!!