NÃO SABE MAIS O QUE ASSISTIR? EU TENHO UMA SAÍDA!

Nesta terça-feira, dia 29 de junho de 2021, vai ser lançado no Brasil mais um serviço pago de streaming. O HBO Max é a plataforma da Warner Media, dona da Warner Bros, um dos cinco maiores estúdios de cinema de Hollywood e entra no mercado para concorrer com Disney Plus, Prime Vídeo e principalmente com o Netflix.

Na verdade, é mais uma opção ou mais um gasto pro nosso bolso, dependendo do que vamos optar para ter de entretenimento em nossa televisão. Eu aproveito essa estreia para fazer uma pergunta: Os lançamentos não parecem todos iguais? Você já não está cansando de ver o mesmo tipo de filme durante a pandemia?

Tá certo que principalmente o Netflix, abriu o espaço para as produções internacionais, e aqui eu quero destacar as do leste europeu e as asiáticas.

O filme coreano, ganhador do Oscar em fevereiro de 2020, Parasita (diretor Bong Joon-ho) sinalizava essa abertura para o mercado ocidental. Filmes não tão criativos, mais alinhados com os pilares de formato de Hollywood e produzidos pela China também me chamaram a atenção como Megatubarão (diretor Jon Turteltaub) e Terra à Deriva (diretor Frant Gwo). São produções que não perdem em nada para os blockbusters, e se você ver a versão dublada, nem vai estranhar o sotaque. Mas são mais do mesmo, o novo que de novo não tem nada!

Durante a pandemia, você já pensou em revisitar alguns clássicos? Aqueles filmes que você viu ou não, mas que marcaram a história do cinema? Pois essa semana, cansado da mesmice, decidi fazer essa viagem ao passado, recordar e revisitar linguagens e formatos que construíram nossa maneira de contar histórias através do audiovisual.

E o melhor, agora podemos aproveitar os streamings para ter acesso a maioria desses filmes. Ao escrever minha lista na agenda, comecei pela minha obra preferida: Tubarão (diretor Steven Spielberg). Ainda incluí outras que vou citar em ordem aleatória: O Poderoso Chefão (diretor Francis Ford Coppola), Irreversível (diretor Gaspar Noé), O Iluminado (diretor Stanley Kubrick), 2001 - Uma Odisseia no Espaço (diretor Stanley Kubrick), Cidade de Deus(diretores Fernando Meirelles e Kátia Lund), O Show de Truman ( diretor: Peter Weir), Cidade dos Sonhos(diretor David Lynch), Relatos Selvagens (diretor Damián Szifron), Tudo Sobre Minha Mãe (diretor: Pedro Almodóvar), Último Tango em Paris